Instalar muitos plugins pode deixa lento ao seu blog!

Por el 8 de setembro de 2011 | 1:57 pm

Plugins são uma excelente ferramenta para qualquer site/blog em wordpress, mas veja por que é preciso ter cuidado na instalação deles! A plataforma WordPress, com certeza é a mais utilizada atualmente entre blogueiros e webmasters ao redor do mundo. Uma das características decisivas que fazem o blogueiro escolher o WordPress ao invés do blogger, com certeza é o uso de plugins. Eles facilitam e muito a implementação de novas funcionalidades em nossos blogs, adicionam ferramentas, nos ajudam com SEO, e até com o backup, e em sua maioria, funcionam com apenas um clique.

O problema caro leitor, é que você pode acabar “se empolgando” e instalar plugins por demais, o que pode ser bastante prejudicial para o desempenho do seu blog. Em alguns casos, pode causar até uma expulsão do seu site da hospedagem em que ele estiver. Curioso? Explicarei melhor abaixo.

O QUE É DE FATO UM PLUGIN?

Basicamente, plugins são ferramentas para estender ou adicionar funcionalidades ao WordPress, nada mais são do que códigos, mas normalmente, vem em pacotes prontos, onde o usuário somente tem o trabalho de clicar em instalar, não precisando entender de programação, hmtl ou javascript. Cada plugin, ao ser instalado, adiciona códigos, chamadas no banco MySQL e demais instruções que o seu wordpress irá executar.

O PROBLEMA

O principal problema que costuma ocorrer, ou pelo menos o mais perceptível, é que seu blog começa a ficar mais lento, começa a perder desempenho, ou até a apresentar erros no funcionamento. Isso costuma ocorrer, porque alguns plugins, principalmente os que têm função de related posts, fazem muitas consultas na base de dados do sistema. Com isso, ele acaba exigindo mais processamento do seu servidor de hospedagem, o que é acentuado se você recebe muitas visitas, pois o mesmo ficará abarrotado de requisições, podendo até mesmo sair do ar. Muitos blogueiros que assinam um plano compartilhado simples, acabam até sendo expulsos dos seus servidores, ou avisados de que terão de assinar um plano vps ou um servidor dedicado, que aguente esse volume de requisições.A maior evidência de que os plugins é que são responsáveis por isso, é quando seu site nem tem um volume alto de visitas, e mesmo assim começa a ficar lento e exigir demais do servidor.

Outro problema que costuma ocorrer, é um plugin entrar em conflito com o código de outro, e acabar travando algum script do seu site. Além disso, o código fonte do seu blog começa a ficar “sujo”, com muitas informações desnecessárias, também contribuindo para a lentidão no carregamento das páginas.

SOLUÇÕES

A boa notícia caro leitor, é que sim, existem algumas soluções para este problema. Uma delas, já foi citado aqui nesse excelente artigo que o Paulo escreveu, onde você pode usar shortcodes ao invés de sair instalando plugins: 15 Shortcodes incríveis para seu wordpress

Uma solução mais simples, que alguns podem julgar um pouco óbvia, é mesmo utilizar o bom senso. Faça 3 perguntas antes de instalar qualquer plugin:

  • Esse plugin vai realmente ajudar o meu blog em algo?
  • Esse plugin é mesmo necessário?
  • Esse plugin não vai prejudicar o desempenho do meu blog?

Além disso, é importante priorizar a experiência do usuário, diretriz esta, que o próprio Google recomenda que os webmasters, mantenham sempre em mente. Será que aquele plugin de estatísticas realmente é útil para o seu leitor? Será que plugins de slides de imagens ou de feeds do twitter, realmente estão contribuindo em algo, ou somente ocupando espaço e processamento?

Se você quer manter seu blog/site saudável, e sempre com um bom desempenho para seus visitantes, é importante que siga estas dicas e não sobrecarregue o mesmo com a instalação de muitos plugins. De nada adianta fazer um layout limpo e leve para o usuário, se o código dele o deixar lento do mesmo jeito, não é mesmo? E então caro leitor? Gostou das nossas dicas? Já passou por este problema? Compartilhe com a gente nos comentários!

Via escolawp.com

Temas:


Ajuda WordPress © 2009-2017 Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Alyen Studio